Banner Whats App - Já é Notícia
Gui Oliveira

Gui Oliveira

Sempre tive o desejo de ajudar pessoas, melhorar o mundo de alguma forma. E encontrei no exercício físico, uma forma de viver essa missão. Profissional da saúde disposto a te ajudar a viver mais e viver melhor através do exercício físico, livre de dores e patologias que os impedem ou dificultam de fazer o que gosta e ficar mais tempo com as pessoas que ama. Pois como sempre falo: “A saúde está intimamente ligada ao exercício físico!” Se você também acredita nisso vamos juntos, pois já estamos perdendo tempo.

Trocar um problema por outro não irá te salvar

 Pode apenas adiar o problema. Se adiar.

Instagram @guioliveira_go

Aluna utilizando camisa com marca pessoal do personal Gui Oliveira

 Treinar é preciso, especialmente neste momento. É impossível falar sobre saúde e não relacionar com o contexto que estamos vivendo. A pandemia é a nossa principal preocupação atualmente e eu não quero amenizá-la. Pelo contrário. Sempre ressalto a importância dos cuidados, que vocês já sabem como precisam ser tomados.

Mas o motivo deste texto é alertar sobre os perigos e problemas que o tempo em casa pode acometer. Perigos que podem ser tão graves quanto o vírus que estamos enfrentando.

No texto anterior (A saúde está intimamente ligada ao exercício físico), mostrei, com dados da Organização Mundial da Saúde, que o sedentarismo é a principal causa de morte do mundo, ainda quando o mundo estava totalmente ativo, com tudo em funcionamento normal. E por mais que o nível de atividade física já fosse baixo, hoje, sem as atividades laborais, por exemplo, o nível está muito mais baixo que antes. Aí já podemos imaginar o quão perigoso a inatividade é.

Além disso, a ansiedade causada por esse momento é um gatilho gigantesco para maus hábitos alimentares. Não que todo mundo lide com isso da mesma forma, mas a maioria precisa descarregar a ansiedade de alguma maneira. Infelizmente, a comida descontrolada é o caminho mais curto, pois o prazer em comer um bolo de chocolate ou um sanduíche gorduroso, por exemplo, é capaz de trazer uma boa sensação momentânea, por causa de hormônios liberados durante o consumo.

Por isso, a inatividade física atrelada à ansiedade e aos maus hábitos alimentares são a porta de entrada para as doenças crônico-degenerativas (hipertensão, diabetes, problemas cardíacos, câncer) e outras que, quando juntas, são a maior causa de mortes no mundo inteiro, como eu já mencionei.

Mas você sabia que o exercício age diretamente em cada um destes três pontos? Sim. Age. O exercício físico é capaz de te tirar dos fatores de risco do sedentarismo, diminuindo os níveis de ansiedade e stress, graças ao mesmo ‘hormônio do prazer’, que é liberado quando comemos de forma compensatória (como no bolo ou sanduíche que exemplifiquei acima).
O nosso organismo o produz quando nos exercitamos e por isso a chance de se alimentar melhor aumenta e o ciclo de bons hábitos faz você viver mais e viver bem.

Ah.. E já parou pra pensar que as pessoas que se enquadram no grupo de risco ao Corona Vírus têm problemas de saúde que, na maioria das vezes, são causados pelo sedentarismo? Com isso, durante a pandemia, além de se proteger contra o covid-19, não esqueça de se proteger de tantas outras doenças atreladas ao sedentarismo, senão, todo esforço e cuidados tomados agora, serão praticamente inúteis num futuro próximo.

Finalizo pedindo que dentro das suas possibilidades, treinem. Exercitem-se, tenham bons hábitos alimentares e encorajem as pessoas que você ama a fazer o mesmo.
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

©Todos os direitos reservados - 2020
Agência Lúmen