Banner Whats App - Já é Notícia
Saúde

Publicado Terça-Feira, 02/06/2020 21:15 | Atualizado Quarta-Feira, 03/06/2020 09:00

Por: Redação com Ascom AMA

Por causa da covid-19, Prefeituras devem orientar população a não acender fogueiras

 

Foto por: AMA

O mês de junho é conhecido no nordeste brasileiro pela tradicional festa em homenagem aos Santos Antônio, João e Pedro, com muita comida de milho, shows, fogueiras e fogos. Mas, devido a pandemia do coronavírus, o Ministério Público de Alagoas recomendou que os prefeitos não façam festas, e nesta terça-feira, 02, a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) pediu que os prefeitos orientem a população a não acender fogueiras e soltar fogos.

As decisões são para preservar saúde da população, uma vez que o novo coronavírus é uma doença que afeta diretamente o pulmão e as fumaças das fogueiras e fogos contribuem com os problemas respiratórios.

De acordo com especialistas, a dificuldade respiratória provocada pela fumaça pode funcionar como uma porta de entrada para diversas infecções, como o coronavírus, que causa a Covid-19. Outro fator é que quem está se recuperando de Covid-19 não pode ter contato com a fumaça, pois tende agravar a doença.

As pessoas asmáticas estão sujeitas a necessitar de urgência hospitalar e, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), 61% do total de leitos para tratamento do novo coronavírus ocupados. Nos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), esse índice é maior, chegando a preocupantes 76% de ocupação em todo o estado.

“Sei que é a tradição do Nordeste, mas estamos pensando em vagas nos hospitais, que estão cada vez mais lotados. Todos os anos temos elevação de internação dos alérgicos ou por causa de acidentes de fogos. Com as fogueiras também surge o costume de reunir as pessoas e isso só aumenta nossa responsabilidade em fiscalizar as aglomerações”, destacou a presidente da AMA, Pauline Pereira.
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2020
Agência Lúmen