Banner Whats App - Já é Notícia
Brasil/Mundo

Publicado Sábado, 16/05/2020 09:44 | Atualizado Sábado, 16/05/2020 10:01

Por: TNH1

Arapiraquense é aprovada na Universidade de Harvard: “Sonho de poder reduzir a pobreza”

 

Foto por: Reprodução/Instagram

As salas de aula de Harvard, uma das mais famosas e tradicionais universidades do mundo, localizada na cidade de Cambridge, nos arredores de Boston, nos Estados Unidos, terão a presença de uma arapiraquense criada no Pé Leve, povoado que produz, entre outras coisas, um pé-de-moleque, considerado uma das mais saborosas iguarias do Agreste de Alagoas.

Natália Cecília Carvalho Ribeiro, de apenas 23 anos, após muita dedicação, conseguiu a façanha de ser aprovada para estudar na instituição por onde já passaram 157 premiados com o Nobel, 48 vencedores do Pulitzer para Jornalismo e Literatura, além de muitos intelectuais e estudiosos famosos nas mais diversas áreas do conhecimento.

Estudante de Relações Exteriores, Natália vai cursar agora Economia, na Faculty of Arts & Sciences, e carrega o sonho de poder um dia contribuir para o desenvolvimento da terra natal. “É uma expectativa muito alta porque é a segunda vez que tento esse programa. Eu vou com o sonho de aprender para ajudar o Brasil. Meu grande sonho é poder ver Alagoas diferente. É poder reduzir a pobreza e melhorar a qualidade de ensino, é transformar o lugar de onde venho. Eu amo muito aquela terra”, diz a Natália.

Desde 2018, ela cursa Relações Exteriores na Universidade Federal de Santa Catarina, mas sua formação começou no Colégio São Francisco, em Arapiraca. Depois, foi para Maceió, onde fez o ensino médio no Contato. Natália chegou a estudar piano, na Escola Técnica de Arte da Ufal. "Eu só fui saber de fato o que eu queria fazer mesmo em 2018", diz ela.

Na UFSC, Natália vem se destacando e não é surpresa sua aprovação em Harvard. Ela já foi aprovada para ser embaixadora da Brasil Conference, um evento organizado pela comunidade brasileira de estudantes, em Boston. Lá, Natália fez questão de usar o chapéu de couro, símbolo do Nordeste brasileiro, região de onde saiu para ganhar o mundo. "Toda vez que acontece uma coisa importante na minha vida, uso esse chapéu para lembrar das minhas origens".

Também já foi selecionada para participar de um congresso da ONU de Desenvolvimento Econômico Sustentável pros países da América Latina.

Agora é esperar e ver como vai se dar o primeiro semestre de aulas, diante da pandemia de coronavírus. A expectativa é de que as primeiras aulas aconteçam de forma online. Só depois, Natália arruma as malas e parte carregando com ela o Agreste de Alagoas para viver seu sonho em Harvard.


  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2020
Agência Lúmen