Banner Whats App - Já é Notícia
Política

Publicado Sábado, 28/03/2020 08:44 | Atualizado Sábado, 28/03/2020 14:55

Por: Assessoria

MP/AL recomenda que manifestantes não saiam de veículos durante carreatas

Medida visa evitar aglomerações; atos devem reunir empresários e outras classes 

Foto por: Divulgação

O Ministério Público Estadual de Alagoas (MP/AL) expediu, nessa sexta-feira (27), uma recomendação à Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) para que a Polícia Militar (PM) acompanhe as manifestações anunciadas para este final de semana. Empresários e outras classes devem se reunir para protestar em defesa da revogação do decreto do governo do estado que estabeleceu o distanciamento social em razão da pandemia da Covid-19, ocasionando, com isso, a paralisação de várias atividades públicas e privadas.

O documento foi assinado pelo chefe interino da instituição e por mais 12 promotores.



Na recomendação, o procurador-geral de justiça, Sérgio Jucá, pediu a adoção de todas as providências necessárias para que a Polícia Militar acompanhe "quaisquer manifestações, desde sua concentração, caso realizadas e concretizadas, evitando-se que os condutores e/ou passageiros saiam dos veículos e se aglomerem em determinado local, bem como reuniões, passeatas e atos de qualquer natureza, que gerem multidão, conforme proibição pelo Decreto no 69.541, de 19 de março de 2020".

O MPAL também recomendou que sejam identificados eventuais infratores das normas, em caso de sua violação, a fim de que a polícia judiciária e o Ministério Público possam adotar as medidas legais cabíveis, inclusive, o ajuizamento de ação penal.



A recomendação também foi assinada pelos promotores de justiça Paulo Henrique Prado e Louise Maria Teixeira, da Saúde; Jamyl Gonçalves e Stela Cavalcanti, da Fazenda Pública Estadual; Dalva Tenório e Sandra Malta, das 59a e 37a Promotorias de Justiça, José Antônio Malta Marques, diretor do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça (Caop); e Micheline Tenório, José Carlos Castro, Marluce Falcão, Mirya Ferro e Lucas Sachsida, coordenadores, respectivamente, dos Núcleos de Defesa da Saúde, de Defesa do Patrimônio Público, de Defesa dos Direitos Humanos, de Combate ao Crime e Defesa da Educação.

As manifestações estariam sendo convocadas por empresários, comerciantes, motoristas de aplicativos e profissionais liberais para os dias 28 e 30 deste mês. 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2020
Agência Lúmen