Banner Whats App - Já é Notícia
Saúde

Publicado Domingo, 22/03/2020 08:00 | Atualizado Domingo, 22/03/2020 09:06

Por: Assessoria

Sesau apreende produtos hospitalares de empresas para enfrentar Covid-19

 

Foto por: Igor Nascimento e Débora Rosset

Embasada pelo Decreto Governamental de número 69.501, datado de 13 de março de 2020, que regulamenta medidas temporárias para o enfrentamento da emergência de saúde pública relacionada ao novo coronavírus, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) segue com o monitoramento contínuo da situação em Alagoas em decorrência pandemia e a necessidade de intensificar medidas de mitigação dos efeitos alusivos ao contágio.

Neste sentido, na manhã e início de tarde deste sábado (21), a Sesau colocou em prática a requisição administrativa nas sedes ou locais de armazenamento dos fabricantes, distribuidores e varejistas de equipamentos, insumos, medicamentos e demais produtos de saúde nos seguintes estabelecimentos: Casa do Médico, Comac, Kamed, DEA Farma e APL Cardio, em Maceió.

A requisição toma por base a Portaria de número 2087, com data de 20 de março de 2020. A Portaria deixa evidente, também, que a indenização devida pelo Estado de Alagoas, por causa da requisição dos materiais, será quantificada de acordo com critérios que serão definidos pela Secretaria de Estado da Saúde.

À frente da Sesau, o secretário Alexandre Ayres garante que o Governo de Alagoas vem trabalhando firmemente para assegurar mais condições de trabalho aos profissionais da saúde.

“O Governo está atuando de maneira contínua para garantir as melhores condições de trabalho aos nossos profissionais de saúde que estão engajados neste enfrentamento ao novo coronavírus, com os devidos Equipamentos de Proteção Individual [EPIs], equipando e fortalecendo novos leitos de UTI [Unidades de Tratamento Intensivo] para alocar a população alagoana que esteja infectada com a Covid-19. Realizamos neste sábado procedimento administrativo em cinco empresas de Maceió e requisitamos diversos materiais médicos que servirão para o fortalecimento da rede estadual de saúde, justamente em um momento tão complexo que estamos vivenciando devido à pandemia do novo coronavírus”, explicou o secretário Alexandre Ayres.

Na lista de materiais requisitados pela Sesau resguardados por Decreto e Portaria Estadual, estão máscaras cirúrgicas, luvas cirúrgicas, aventais cirúrgicos, lâminas para laringoscópio, eletrodos, estetoscópio, estetoscópio rappaport, oxímetro de pulso, aparelhos de pressão, aventais cirúrgicos, lanternas clínicas, óculos para proteção individual, ressuscitador manual, umidificador, fluxômetro de oxigênio e ar comprimido, carro maca esmaltado, camas elétricas, mesas e mesas auxiliares, eletrocardiógrafos, aparelhos para pressão, entre outros materiais.

Situação de emergência – O Governo de Alagoas decretou, na sexta-feira (20), situação de emergência no estado e intensifica as medidas para a contenção e o enfrentamento ao coronavírus. Por determinação do Governo do Estado, todas as pessoas que estiverem com sintomas de gripe deverão ficar em casa durante 14 dias.
 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2020
Agência Lúmen