'> VÍDEO. Suspeito no assassinato do professor Vandiele se entrega à polícia; segundo envolvido segue foragido - JÁ É NOTÍCIA - NA VELOCIDADE DOS ACONTECIMENTOS
Banner Whats App - Já é Notícia
GALETERIA
Polícia

Publicado Quinta-Feira, 05/09/2019 19:01 | Atualizado Sexta-Feira, 06/09/2019 10:15

Por: Redação

VÍDEO. Suspeito no assassinato do professor Vandiele se entrega à polícia; segundo envolvido segue foragido

Negociação foi feita com o advogado; Wallaph Magno Almeida será ouvido oficialmente amanhã, segundo delegado

Foto por: Júnior Silva/Já é Notícia

 
Um dos envolvidos no assassinato do professor Vandiele da Silva Araújo Rocha, morto a facadas em sua residência no Bairro São Luiz, na última sexta-feira (30) se entregou a poucos instantes na Central de Polícia Civil de Arapiraca. Wallaph Magno Almeida de Souza, de 25 anos, chegou acompanhado de um agente da Polícia Civil.

As prisões dos suspeitos já haviam sido decretadas desde o dia seguinte ao crime e já havia uma negociação com os advogados de defesa.

O delegado Everton Gonçalves, titular da 4ª DRP havia dado um prazo para que os suspeitos se apresentassem voluntariamente, nesta quinta-feira (05), caso contrário, suas identidades seriam divulgadas para que a população pudesse tomar conhecimento e ajudar na localização deles.

O outro envolvido no crime é Cléber José de Souza Braga Júnior, que não se entregou e é considerado foragido pela polícia.

Em entrevista coletiva, após a prisão do suspeito, o delegado Everton Gonçalves ratificou o envolvimento das forças de segurança em busca da identificação dos criminosos desde os primeiros momentos após o crime.

Desde segunda-feira uma negociação com as defesas, tanto de Wallaph, quanto de Cléber, por suas apresentações. Algumas diligências foram realizadas, no intuito de capturá-los, mas eles não foram localizados.

Whallaph, segundo o delegado, em um depoimento informal, nega participação no crime e acusa Cléber José. Ele alega que estavam bebendo e ele saiu para preparar um tira-gosto, quando percebeu a vítima brigando com o amigo, tentou apartar a discussão, mas o professor já estava ferido, caído no chão. Whallaph afirmou ainda ter entrado em estado de choque após o ocorrido e a dupla fugiu do local.

Everton Golçalves explicou ainda que o rapaz – que tem passagem pela polícia por porte de arama de fogo em 2014 - está ferido na perna e deverá explicar como se deu o ferimento em depoimento amanhã. Ele estava escondido no sítio Areiado, zona rural de Arapiraca, na residência de familiares. O Defensor Público Roberto Alan Torres de Mesquita, que acompanha o caso do suspeito, intermediou as negociações para que Wallaph se entregasse.
 


 

O crime

O professor e suplente de vereador Vandiele da Silva Araújo Rocha, 41 anos, foi assassinado com uma faca na sexta-feira (30).

Ele bebia com um grupo de amigos em um escritório de eventos e, por volta das 4 horas da madrugada, o professor decidiu que iriam beber em sua residência. No caminho, Vandiele encontrou mais dois amigos em um posto de combustível, que também foram para sua casa, com mais bebidas.

Um dos amigos foi dormir, quando acordou, já encontrou a vítima em óbito.

O veículo do professor foi furtado da residência e encontrado carbonizado no Sítio Capricho, zona rural de Igaci na noite do dia 30.

Assista ao momento em que o suspeito chega à Central de Polícia:
 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen