Banner Whats App - Já é Notícia
Polícia

Publicado Domingo, 09/06/2019 11:09 | Atualizado Domingo, 09/06/2019 23:22

Por: Redação

Homens são autuados e aparelhos de som apreendidos durante operação policial em Arapiraca

Sete homens, entre proprietário de som e donos de bares foram autuados durante a operação intitulada “Poluição sonora é crime”, do MPE/AL

Foto por: Cortesia ao Já É Notícia

Durante operação de militares do 3º Batalhão, foram apreendidos vários aparelhos de som e sete homens foram autuados em Arapiraca. As ações foram realizadas após denúncias de som abuso e perturbação do sossego ou trabalho alheio.

Nas proximidades do Morro Santo da Massaranduba, no Povoado Olho D’Água de Cima, a polícia constatou um som abusivo em frente a uma residência. O proprietário do som, identificado como Antônio Pedro, 34 anos, foi conduzido para a Central de Polícia. O aparelho sonoro, Modelo LG Mini-Hifi System, e duas caixas de som foram apreendidos.

No Centro de Arapiraca, em uma ação conjunta com o Ministério Público do Estado de Alagoas, a polícia apreendeu uma caixa de som grande, com alto falante embutido, uma caixa com duas cornetas, um twister selenium e dois altos falantes Oversound. Um homem, identificado como Wyllen Custódio, 29 anos, foi levado pela polícia.

Duas caixas de grave, duas caixas de médio, duas caixas de agudo, duas máquinas caça-níqueis também foram apreendidas e levadas para a Central de Polícia, durante uma operação em um Bar, no bairro Baixa Grande.

Durante rondas das guarnições da Força Tarefa 19 anos, na operação “Poluição sonora é crime”, a polícia se deparou com som abusivo em um bar no Bairro Olho D’Água dos Cazuzinhas. Um homem, identificado como José Cícero Farias e o proprietário do bar, Agnaldo Tenório, foram encaminhados para a Central de Polícia. No local foram apreendidas uma caixa com um alto falante de 18 tornado, uma caixa dois alto falantes de som de 12 oversound, e um tuíte. Toda ação foi acompanhada pelo promotor de justiça Lucas Mascarenhas.

No bairro Santa Edwiges, foi constatado um som abusivo. O equipamento de som, uma caixa amplificada, foi apreendido e o proprietário Wendell Lopes, 24 anos, foi levado para a Central de Polícia de Arapiraca.

Já no bairro Alto do Cruzeiro, um aparelho de som foi apreendido, sendo quatro caixas de som, contendo seis altos falantes: 4 de 12, 2 de 18 e 2 cornetas. O proprietário, identificado como Adriano da Silva, e o proprietário do bar que o som estava, identificado como Cicero Melo, também foram levados para a Central de Polícia.

Nos bairros Quati, Boa Vista, Olho D’Água dos Cazuzinhas, Planalto, Guaribas, Batingas e no Povoado Olho D’Água de Cima a polícia também constatou casos de sons abusivos, mas ninguém foi detido e nenhum som foi apreendido.

  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen