Banner Whats App - Já é Notícia
Polícia

Publicado Quinta-Feira, 06/06/2019 08:50 | Atualizado Quinta-Feira, 06/06/2019 09:37

Por: Redação

Suspeito de tráfico de drogas morre em confronto com a polícia, em Arapiraca

Foram apreendidos revólver, munições, dinheiro e drogas; ele foi socorrido, mas faleceu no hospital

Foto por: Reprodução

Um homem, identificado como Aniere dos Santos Silva, morreu na noite desta quarta-feira (05) após trocar tiros com a polícia durante uma abordagem. O fato aconteceu nas proximidades do Sítio Laranjal, zona rural de Arapiraca.

De acordo com informações da polícia, a guarnição estava em deslocamento para a cidade de Junqueiro quando se deparou com um veículo, um uno vermelho, em atitude suspeita. Ao abordar, o condutor empreendeu fuga por uma estrada de barro.

Ainda de acordo com relatos dos militares, o suspeito desceu do carro atirando contra a viatura e tentou fugir. A guarnição conseguiu acompanhá-lo e reagiu aos tiros. Aniere foi atingido e encaminhado ao Hospital de Emergência do Agreste, mas não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito.

Com ele, foi apreendido um revólver Taurus, calibre .38 com quatro munições intactas e duas deflagradas. No veículo, foi encontrado um celular, documentos pessoais, 27 gramas de maconha em bombinhas, 260 gramas em tablete, um pino de cocaína e mais de quinhentos reais em espécie. Informações dão conta que ele fornecia drogas no Povoado Cajarana.

Aniere era considerado um traficante perigoso e foi preso em 2018, mas respondia em liberdade. No ano da prisão, o delegado regional da época, Thiago Prado, afirmou que há três anos a polícia recebia denúncias anônimas sobre Anieri dos Santos Silva, que foi autuado em flagrante. A prisão dele havia acontecido durante cumprimento de 13 mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara da Infância e da Juventude e pela 17ª Vara.

Delegacia de Homicídios foi acionada para os devidos procedimentos. 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen