Banner Whats App - Já é Notícia
Polícia

Publicado Quarta-Feira, 15/05/2019 16:42 | Atualizado Quarta-Feira, 15/05/2019 16:47

Por: Redação com Gazetaweb.com

Em 4 meses, oito presos foram encontrados mortos dentro do sistema prisional alagoano

Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social abre sindicância para investigar casos

Foto por: Ascom/Seris

Mortes ocorreram dentro da carceragem dos presídios

O sistema prisional alagoano contabilizou, até o último dia 13 de maio, a morte de oito detentos. Quatro deles foram vítimas de crimes violentos, incluindo inicialmente aqueles registrados como suicídio.

Os dados constam no mapa carcerário, que aponta ainda doze fugas este ano. Nenhuma delas foi abortada pela equipe plantonista.

Em março deste ano, um reeducando foi encontrado morto dentro de uma das celas da Casa de Custódia da Capital, na parte alta de Maceió. David Rodrigues dos Santos estava com um corte profundo no pescoço até o umbigo, além de um buraco no lado direito do peito.

Após a confirmação das mortes registradas dentro das unidades prisionais, a Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou que foi aberta sindicância para apurar os casos.

A última atualização do mapa carcerário de Alagoas aponta uma população total de quase 9 mil presos - incluindo provisórios, regime fechado, medida de segurança, regime aberto, regime semiaberto e presos recolhidos nas unidades federais. Entretanto, a população recolhida nas unidades prisionais é de 4.933 presos.
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen