Banner Whats App - Já é Notícia
Esporte

Publicado Quarta-Feira, 15/05/2019 16:33 | Atualizado Quarta-Feira, 15/05/2019 16:35

Por: Redação com agencias

Presidente do CSA pede afastamento do cargo por 90 dias

O dirigente já comunicou ao presidente do Conselho Deliberativo, Raimundo Tavares, e deve tornar oficial a documentação em breve 

Foto por: Henrique Pereira

Em função da repercussão da venda do mando de campo da partida com o Flamengo para Brasília, o presidente do CSA, Rafael Tenório, afirmou que vai ficar afastado do cargo por 90 dias. O dirigente já comunicou ao presidente do Conselho Deliberativo, Raimundo Tavares, e deve tornar oficial a documentação em breve.

Rafael disse que decidiu se afastar após a forte repercussão sobre a venda de mando de campo e que vai utilizar o tempo para refletir. O vice-presidente executivo Omar Coelho ficará à frente do clube neste período.

Segundo garante Rafael Tenório, o planejamento com o departamento do futebol e a rotina diária do clube seguem normalmente sob o comando da diretoria. O CSA deve se manifestar em breve sobre a licença do presidente executivo. 

De acordo com os dirigentes, o valor arrecadado com a venda do mando de campo será investido no clube, com contratações para o time de Marcelo Cabo e também auxílio na reforma do CT do Mutange. A diretoria tem enfrentado fortes críticas da torcida azulina por meio das redes sociais. Há também quem defenda o contraponto de ter o investimento para contratação de reforços para a equipe.


  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen