+° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Brasil/Mundo

Publicado Domingo, 10/02/2019 16:07 | Atualizado Domingo, 10/02/2019 16:22

Por: gauchazh

26 pessoas ficam feridas após incêndio em penitenciária feminina de Porto Alegre

Entre as vítima há 23 detentas e três agentes penitenciárias; Superintendência abrirá sindicância interna para apurar o caso

Foto por: gauchazh

Um incêndio deixou 26 pessoas feridas na manhã deste domingo (10) em Presídio Feminino Madre Pelletier, zona sul de Porto Alegre. Destas, 23 seriam presas e três seriam agentes penitenciários. O grupo foi levado para atendimento no Hospital de Pronto Socorro (HPS).

Segundo a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), dos 26 internados, duas detentas tiveram queimaduras: uma teve 30% do corpo atingido pelas chamas e a outra, 60%. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, as duas estão em estado grave. Os demais foram levados para atendimento por inalarem fumaça. Eles foram atendidos e liberados em seguida.

De acordo com a Susepe, o incêndio iniciou após uma apenada colocar fogo no colchão de outra e as chamas se alastraram. Apenas as duas estavam na cela. Não há informações sobre a razão para que detenta tenha começado as chamas.

Os próprios agentes penitenciários fizeram o controle do incêndio e, por isso, o Corpo de Bombeiros não atuou no combate. Uma sindicância interna será instaurada e a Polícia Civil também vai apurar o caso.
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen