Banner Whats App - Já é Notícia
Polícia

Publicado Sexta-Feira, 11/01/2019 21:55 | Atualizado Sexta-Feira, 11/01/2019 22:04

Por: Gazetaweb

Mãe é detida em flagrante tentando enforcar a filha de 1 ano

"Desde que a menina nasceu que ela agride a criança", relatou um familiar

Foto por: Reprodução

Uma adolescente, de 17 anos, foi detida em flagrante, nesta sexta-feira (11), suspeita de agredir a filha de apenas um ano, na Santa Lúcia, parte alta de Maceió. De acordo com informações da polícia, ela foi flagrada tentando enforcar a criança.

Mesmo sendo a genitora da vítima, a menor não possui a guarda legal da criança, já que, esta não é a primeira vez que ela agride a filha. A bebê é tutelada pela avó materna.

Em depoimento na Central de Flagrantes, ela informou que a adolescente pegou a criança após ameaçá-la. As guarnições da Polícia Militar, pertencentes ao 5° Batalhão de Polícia Militar (BPM), foram acionadas após denúncia anônima. Segundo os militares a mãe é conhecida na região pela índole violenta e por ligação com criminosos.

Por ter 17 anos, a mãe foi apreendida e será encaminhada para o Centro de Recuperação de Menores Infratores (CRMI). A suspeita deve completar a maioridade penal em três meses, o que para os conselheiro tutelares que acompanham o caso deve "frear" as ações dela. Segundo os militares, a delegada enquadrou o caso como uma tentativa de homicídio.

A criança deve ser submetida a um exame de corpo de delito para comprovar a agressão. "Desde que a menina nasceu que ela agride a criança. É um caso de crueldade e tortura. É só olhar para essa menina, ela tem marcas pelo corpo todo. O povo da rua está revoltado, todos queriam bater nela. Nós não sabemos mais o que fazer, os pais dela estão desolados", comentou um familiar.

De acordo com os conselheiros tutelares que foram acionados para a ocorrência, e que já acompanham o caso desde situações anteriores, a criança apresenta diversos hematomas, inchaços e escoriações, principalmente no rosto e na área do pescoço. Devido a suposta ligação da agressora com criminosos, a avó da criança teme represálias.
 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen