Blogs

Renan Calheiros aconselha JHC a exonerar namorada de Rodrigo Cunha da prefeitura de Maceió

Por Paulo Marcello 22/01/2021 20h08 - Atualizado em 22/01/2021 20h08
Por Paulo Marcello 22/01/2021 20h08 Atualizado em 22/01/2021 20h08
Renan Calheiros aconselha JHC a exonerar namorada de Rodrigo Cunha da prefeitura de Maceió

O senador Renan Calheiros (MDB) afirmou, nesta sexta-feira (22), que está muito preocupado com os primeiros dias de gestão do prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (JHC), após a nomeação da namorada do senador Rodrigo Cunha com salário de R$ 11 mil e da polêmica envolvendo o humorista Carlinhos Maia.

Segundo Renan, em menos de vintes dias à frente da prefeitura da capital, JHC nomeou a namorada de Rodrigo Cunha para o cargo de assessora especial (NES-3) com salário de R$ 11 mil e promoveu o ‘fura-fila’ da vacinação contra Covid-19 ao convidar Carlinhos Maia para tomar a vacina, segundo o próprio influenciador digital.

O comentário de Renan Calheiros ocorreu durante evento no Palácio dos Palmares e o parlamentar criticou ainda várias ações do prefeito de Maceió, entre elas o “o desrespeito às figuras históricas de Zumbi dos Palmares e Dandara” e a denúncia do humorista Carlinhos Maia que afirmou ter recebido convite da prefeitura para ser o primeiro a se vacinar contra a Covid-19 na cidade.

O senador também questionou a nomeação de Millane Hora (namorada de Cunha) e disse que o prefeito “foi pego em flagrante empregando namorada de senador aliado”. Renan chegou a comentar com alguns interlocutores que o correto seria a imediata exoneração da cantora.

“O Ministério Público já está agindo contra o prefeito e tem mesmo que enquadrar quem faz isso. Furar a fila da vacina é crime, empregar com dinheiro público a namorada do aliado é crime”, disse o senador alagoano.