Blogs

Pica do PT é candidata a vereadora no interior do Rio Grande do Sul

Por Paulo Marcello 27/10/2020 00h12 - Atualizado em 27/10/2020 01h01
Por Paulo Marcello 27/10/2020 00h12 Atualizado em 27/10/2020 01h01
Pica do PT é candidata a vereadora no interior do Rio Grande do Sul

Em todas as eleições, aparecem candidatos com nomes ou apelidos estranhos, diferentes, ousados e até constrangedores. Em 2020 não é diferente e uma candidata a vereadora está dando o que falar na cidade de Sagrada Família (RS). Ela adotou o singelo pseudônimo de Pica.

Filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT), Josiane Brizolla, mais conhecida por Pica, busca uma das vagas na Câmara Municipal de Sagrada Família, cidade do Estado do Rio Grande do Sul com pouco mais de 2.500 habitantes, de acordo com o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2010.

Josiane Pica já ganhou o que queria: Repercussão nacional. Seu registro foi deferido e ele é mesmo candidata a vereadora de acordo com o portal de Registro de Candidaturas e Contas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cidade, inclusive, conta apenas com um candidato a prefeito, Marcos do Nascimento Santos (PT).

O jingle de sua campanha é uma versão da música ”Querência Amada” de Teixerinha, com o lema “Vote na Pica, na Pica que vou votar. Meu voto é na Pica”. Ela é dona de casa, divorciada, tem 32 anos de idade e o Ensino Médio Completo. Josiane, a “Pica do PT”, promete trabalhar duro se o povo ‘arrochar’ seu número na urna eletrônica na cidade de Sagrada Família no dia 15 de novembro de 2020.