Banner Whats App - Já é Notícia
GALETERIA
Lohuama Alves

Lohuama Alves

Uma alagoana cheia de virtudes e vicissitudes, comunicadora raíz, amante das letras. Acredita que jornalismo é mais que vocação, é paixão. Desempenha várias funções no jornalismo desde 2014 e está sempre em busca de novos aprendizados. 

Após ser premiado em Cannes e Munique, 'Bacurau' estreia em Arapiraca

A capital do Agreste vai receber sua primeira Sessão Encontro para debater o filme e reunir apaixonados pelo cinema nacional 

Reprodução

Após ser aplaudido e elogiado em várias partes do mundo, o filme “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, estreia nesta quinta-feira (05), no cinema de Arapiraca.

Esta estreia vem com uma ótima novidade: Arapiraca vai receber sua primeira Sessão Encontro. O evento realizado pelo Fórum Setorial do Audiovisual Alagoano - FSAL e a ideia é reunir a turma, para ver o filme na mesma sessão (15h30), e depois esticar para o famoso “after” para aproveitar as programações com Jorge e Quiçaça no Vinil e debater o filme.

Desde a sua estreia mundial no 72º Festival de Cannes, o longa já foi convidado para mais de 100 festivais e mostras ao redor do planeta. A produção saiu consagrada com o Prêmio do Júri do festival francês e saiu vitoriosa na categoria de melhor filme no Festival de Cinema de Munique.

No Brasil, a primeira exibição de "Bacurau" ocorreu na abertura do 47º Festival de Cinema de Gramado. O filme também já foi exibido em outros festivais internacionais: na competição do Neuchâtel International Fantastic Film Festival, na Suíça, no Festival de Cinema de Sidney, Austrália, no SoFilm Summercamp, em Nantes, e La Rochelle, ambos na França (onde estreia em setembro). 

Saiba informações:

BACURAU 2D (NAC)

Recomendado: 16 anos
Gênero: DRAMA
Ano de Produção: 2018
Idioma: PORTUGUÊS
Duração: 02:12:00
Diretor: KLEBER MENDONÇA FILHO, JULIANO DORNELLES com BARBARA COLEN, SONIA BRAGA, UDO KIER
Domingo, Segunda, Terça, Quarta, Sexta, Sábado - 15:30h

SINOPSE: Pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade pela primeira vez. Quando carros se tornam vítimas de tiros e cadáveres começam a aparecer, Teresa (Bárbara Colen), Domingas (Sônia Braga), Acácio (Thomas Aquino), Plínio (Wilson Rabelo), Lunga (Silvero Pereira) e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa.
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen