+° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Polícia

Publicado Sábado, 07/07/2018 12:12 | Atualizado Sábado, 07/07/2018 14:32

Por: Redação com Gazetaweb

Foragido da justiça alagoana, Davi Boiadeiro é preso por tentativa de homicídio em Pernambuco

Davi Boiadeiro ainda tentou fugir pulando alguns muros, mas foi preso em flagrante e teve a arma apreendida; ele é apontado como autor do assassinato de uma enfermeira em Batalha

Foto por: Cortesia leitor

Policiais da cidade de Garanhuns (PE) prendeu, na madrugada  deste sábado (07) o batalhense Davi Rodrigues dos Santos, conhecido como Davi Boiadeiro, 27 anos. Ele foi preso suspeito de atirar três vezes nas costas de um homem, identificado como Wlademir Caetano Pereira, 42 anos, na cidade pernambucana.

A prisão ocorreu em um trecho da Rua Presidente Castelo Branco. Boiadeiro é acusado de assassinar uma enfermeira na cidade de Batalha, em 2015. Ele estava foragido da justiça e havia danificado a tornozeleira eletrônica.

De acordo com informações da polícia, Davi teria efetuado três disparos de Pistola 380 nas costas de Wlademir Caetano após a vítima pedir ao suspeito que fosse embora de um bar que ambos estavam bebendo. Visto que Davi, já embriagado, começou a tirar libertinagem com a esposa de um dos parentes de Wlademir.

Um dos homens, ao notar que Davi estava armado, prontificou-se a acompanha-lo até sua residência. Nas proximidades da residência, Davi afirmou que iria voltar ao bar e atirar em todos os presentes, a pessoa que o acompanhava tentou acalma-lo, momento em que Wlademir chegou ao local para entender a demora do amigo. O rapaz que acompanhou Davi para casa, temendo pela vida do amigo, pediu para Wlademir voltar ao bar que em poucos instantes estaria no local. Ocasião em que Davi sacou a arma e atirou nas costas de Wlademir.

A vitima foi socorrida para um hospitall de Caruaru, onde apresenta quadro estável. Davi ainda tentou fugir pulando alguns muros, mas foi preso em flagrante e teve a arma apreendida. Davi foi conduzido para a 18ª DSEC, para prestar esclarecimentos ao delegado de plantão, e ficou detido.

Morte da enfermeira

Em 2015, Davi Boiadeiroo foi preso durante uma operação integrada entre as polícias civil e militar, em cumprimento a mandados de prisão expedidos pelo juiz plantonista Antônio Barros Lima, da 9ª Vara de Arapiraca. Ele e o primo, identificado como Thiago Lucas, teriam assassinado a enfermeira Mercia Ladislau Góes, 46 anos, na cidade de Batalha.

O crime ocorreu dentro da casa da vítima quando ela tentou proteger o namorado, após uma confusão em um Posto de Combustíveis. De acordo com investigações da polícia, Thiago conduziu o veículo da fuga e Davi assassinou a enfermeira. Davi é filho de "Laércio Boiadeiro" e é suspeito de envolvimento em outros crimes na região.


  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2018
Agência Lúmen