+° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Eletrobrás
Destaque

Publicado Domingo, 10/06/2018 16:26 | Atualizado Domingo, 10/06/2018 16:38

Por: TV Foco

Mulheres protestam em frente a emissora pedindo demissão de Sikera Jr

Siqueira disse que mulheres que não pintam as unhas são sebosas e ainda classificou uma rapper como “feminista mal amada, obesa e revoltada” 

Foto por: Kalyne Lima/Instagram

O apresentador Sikeira Júnior, que já ficou famoso por disparar contra maconheiros em 2016, dessa vez disparou contra algumas mulheres. Em seu Cidade em Ação, que apresenta na afiliada RedeTV! na Paraíba, Siqueira disse que mulheres que não pintam as unhas são sebosas e ainda classificou uma rapper como “feminista mal amada, obesa e revoltada”, o que irritou profundamente grupos como a Articulação de Mulheres Brasileiras e Mulheres em Luta.

“Minha mãe já dizia: ‘Juninho, escolha sua namorada, sua mulher, sua noiva, pelo pé. Mulher que não pinta a unha do pé é sebosa’. Repita comigo, igreja: mulher que não pinta a unha é…”, disse o apresentador na ocasião. Em coro, a produção da atração gritava “sebosa”, completando o discurso de Sikeira. Um grupo de mulheres se reuniu em frente à estação de TV para protestar contra o jornalista. Elas pedem a saída de Sikeira da emissora. No Facebook, a rapper Kalyne Lima se manifestou e criticou duramente o profissional.

“A TV Arapuan, que sempre pareceu prezar pelo bom serviço, que conta com excelentes profissionais, alguns de que tenho o privilégio de conhecer e aprender, está prestando um desserviço à Paraíba ao trazer essa figura chamada Sikera Junior, que hoje disse em alto e bom som, que mulher que não pinta a unha é ‘sebosa, nojenta’, inclusive solicitando que sua ‘igreja’ repetisse em coro tais agressões. Eu só digo uma coisa, em pleno século 21, a última coisa que precisamos é de macho escroto, preconceituoso, machista, misógino e emocionado, ditando regra para as mulheres. Então TV Arapuan, segure a onda porque o boicote é inevitável”, escreveu.

Ironicamente, ele respondeu a crítica no programa seguinte: “Ligou uma feminista, normalmente mal amada, o marido deixou porque não aguentou ela, não é? Vira cantora de rap. Não tenho problema porque você ficou obesa, inventou de ser cantora, não tenho nada a ver com isso, é problema seu. Você é mal amada, ninguém te quer, então você fica revoltada com as brincadeiras que a gente faz aqui. Se você está achando que eu vou mudar, eu não vou mudar. Se você vir via Justiça para me processar, fique à vontade. Garanto que você vai perder porque é pequeno. Você vai perder tempo e dinheiro”, disparou.

A emissora também se pronunciou, e afirmou não compactuar com as falas do contratado: “As ideias expressas no programa ‘Cidade em Ação’, conduzido por Sikera Junior, refletem o pensamento do apresentador –e a despeito de estar sempre atento às responsabilidades que lhes são atribuídas sobre todos os temas abordados em seus produtos jornalísticos, o Sistema Arapuan não necessariamente comunga com os valores defendidos por seus profissionais –cujas ideias jamais são tolhidas em respeito a um princípio inalienável: o direito de expressão livre e plural. Pedimos sinceras desculpas a todos que se sentiram ofendidos e reafirmamos nosso compromisso com a Paraíba e com os paraibanos”, comunicou. 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2018
Agência Lúmen