+° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Polícia

Publicado Quinta-Feira, 10/05/2018 07:52 | Atualizado Quinta-Feira, 10/05/2018 07:57

Por: Ascom PM

Homem dá golpe em 100 estudantes e acaba sendo preso em Arapiraca

Suspeito percorreu várias instituições de ensino superior dizendo que precisava de dinheiro para custear uma cirurgia na traqueia

Policiais civis do 53º DP (Distrito Policial) de Arapiraca, no Agreste de Alagoas, coordenados pelo delegado Thales Araújo, prenderam em flagrante, nessa quarta-feira (09), Alfredo Ribeiro de Barros Ferreira, acusado de estelionato.

De acordo com as investigações, Alfredo Ribeiro percorreu várias instituições de ensino superior de Arapiraca, divulgando uma falsa campanha para angariar fundos, que serviriam para custear uma cirurgia na traqueia. Ele dizia que morava em Palmeira dos Índios e comovia os estudantes informando que caso não fizesse o procedimento cirúrgico em até três meses, não resistiria à doença.

Alfredo Ribeiro usava o nome de instituições como a defensoria pública e o poder judiciário de Arapiraca, para dar força à sua história, citando inclusive nomes de profissionais dessas instituições. Segundo ele, um pedido havia sido feito à justiça, mas a resposta demoraria, uma vez que existiam muitos processos na frente.

Após tomar conhecimento da campanha, a Polícia Civil suspeitou ser um golpe, realizou diversas investigações, diligências e apurou que o perigo de morte alegado pelo acusado era falso. Também conseguiu confirmar que Alfredo nunca procurou a defensoria pública de Palmeira dos Índios e que não tinha qualquer processo judicial em seu nome.

Ainda de acordo com o delegado, Alfredo conseguiu aplicar o golpe em aproximadamente 100 alunos.

Thales Araújo esclareceu ainda que atualmente este tipo de crime acontece com frequência. “Hoje é recorrente este tipo de ação criminosa, mas todas as equipes policiais da região de Arapiraca estão empenhadas em combatê-la.”

O delegado informou também que os agentes não encerraram o caso e agora investigam a denúncia de que o acusado teria utilizado um programa de rádio para divulgar sua falsa campanha.
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2018
Agência Lúmen