+° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Polícia

Publicado Quinta-Feira, 08/02/2018 13:52 | Atualizado Quinta-Feira, 08/02/2018 15:14

Por: Gazeta web

Operação prende organização criminosa responsável por ataques a banco em Alagoas

Explosivos e veículos foram apreendidos; ação aconteceu em Arapiraca e região 

Foto por: Cortesia

Uma grande operação para cumprir pelo menos 85 mandados de busca de apreensão e mais dezenas de prisão em Arapiraca e no Pilar tem como objetivo desarticular uma organização criminosa responsável pelos ataques a agências bancárias no interior de Alagoas. Um número expressivo de suspeitos foi preso e um vasto material utilizado para as ações (explosivos, munições e veículos) já foi apreendido.

A ação está sendo comandada pela Seção de Roubo a Bancos, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), da Polícia Civil, e conta com o apoio de militares do 3º Batalhão e do Grupamento Aéreo.

Segundo o delegado Vinicius Ferrari, responsável pela Serb, o bando alvo desta operação é suspeito de roubos a caixas eletrônicos no interior de Alagoas entre os meses de dezembro do ano passado e começo de fevereiro deste ano.

Entre os presos estão os que executaram o ataque ao banco Bradesco, em Estrela de Alagoas, ocorrido no último fim de semana. Com eles, os policiais encontraram muitos explosivos, grampos (que são espalhados nas vias para furar os pneus dos carros que se aproximam), munições de armas de grosso calibre, além de cordéis para explosivos e espoleta.

Pelo menos quatro veículos foram apreendidos durante o trabalho integrado: sendo duas caminhonetes, um carro de luxo e um Corsa Classic. De acordo com o delegado Vinicius Ferrari confirmou que estes automóveis foram utilizados em boa partes dos crimes contra as instituições financeiras no Estado.

 

Uma Amarok, localizada por militares do 3º Batalhão com o suporte do Grupamento Aéreo, está com a traseira toda amassada e a policia acredita que tenha sido usada de ré para quebrar os vidros das agências de Estrela de Alagoas e Campo Alegre, recentemente. Grampos também foram localizados na carroceria.

Os presos estão sendo conduzidos para a sede da Deic, em Maceió, para serem ouvidos. A investigação em torno da atuação da organização criminosa foi iniciada no ano passado. 


Ação em Arapiraca. (Foto: Cortesia/Grupamento Aéreo)
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
Vício do corpo 2
©Todos os direitos reservados - 2018
Agência Lúmen