+° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Brasil/Mundo

Publicado Quinta-Feira, 07/12/2017 07:04 | Atualizado Quinta-Feira, 07/12/2017 07:14

Por: G1

Após ser solto, Naldo faz show na festa de fim de ano do 18º Batalhão da Polícia Militar

Justiça determina que Naldo Benny saia de casa e não tenha contato com a mulher

Foto por: Divulgação

A Justiça do Rio aprovou, na tarde desta quarta-feira (6), medidas protetivas a Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho, esposa do cantor e compositor Naldo Benny, que acusa o marido de agressão. Segundo ela, no sábado (2), após uma briga do casal, ele a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo.

Naldo chegou a ser preso nesta quarta (6) por posse ilegal de arma, fato que a polícia descobriu durante as investigações da agressão. O cantor foi solto horas depois após pagar fiança.

Medidas estabelecidas:

Afastamento do lar conjugal ou domicílio de convivência
Manutenção de distância mínima de 100 metros da mulher e de familiares dela
Proibição de qualquer contato com a mulher e familiares
Em nota, a assessoria do cantor informou que Naldo lamenta o ocorrido. Veja nota na íntegra:

"O artista Naldo Benny lamenta profundamente que o desentendimento familiar tenha tomado as proporções atuais. Após dois shows, Naldo e Ellen tiveram um desentendimento que pode acontecer com qualquer casal. Infelizmente, o resultado foi Ellen abandonar a casa da família com a filha Maria Vitória. O artista está à disposição da justiça para os esclarecimentos necessários".

Segundo a delegada Viviane Costa, da Delegacia da Mulher, Ellen denunciou o marido porque "cansou" das agressões. Depois da denúncia à Deam, a polícia obteve informações de que o cantor teria uma arma não registrada em casa, que foi apreendida nesta quarta.

Segundo a Justiça, caso o cantor descumpra a ordem, poderá ser preso preventivamente.

Na tarde desta quarta, o cantor foi preso em flagrante, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, por posse ilegal de arma de fogo. Segundo a delegada Viviane Costa, da Delegacia da Mulher, depois da denúncia por agressão, a polícia obteve informações de que o cantor teria uma arma não registrada em casa, que foi apreendida nesta quarta.

Show após soltura

Logo após pagar fiança e ser solto, o cantor se apresentou em um clube em uma festa de confraternização do 18ª Batalhão de Polícia Militar, em Jacarepaguá.

Segundo o comando do 18ºBPM, o cantor e outros artistas realizaram uma apresentação na confraternização de fim de ano da unidade e ressaltou que a participação do artista sua no evento estava acertada há cerca de um mês.
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2017
Agência Lúmen