Arapiraca
+19° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Banner governo pro estrada
Polícia

Publicado Segunda-Feira, 15/05/2017 21:21 | Atualizado Segunda-Feira, 15/05/2017 21:22

Por: Redação com GazetaWeb

Celular pega fogo enquanto carregava na tomada e deixa família ferida em Maceió

 

Foto por: Cortesia

Três pessoas da mesma família ficaram feridas na madrugada desta segunda-feira (15), após o celular que estava carregando na tomada elétrica pegar fogo. O vendedor, Williams, teve 20% do corpo atingido pelas chamas que, causaram queimaduras de 1º e 2º graus. A esposa teve uma queimadura no rosto e o filho do casal, de nove anos, sofreu queimaduras nas costas.

De acordo com Wiliams, ele colocou o celular da marca Motorola modelo G4 Plus para carregar como fazia todas as noites, em uma tomada próxima ao sofá que havia na sala da residência, quando por volta das 4h00, a esposa sentiu que algo diferente estava acontecendo, abriu a porta do quarto e viu as chamas tomando todo o local. Desesperada, ela gritou e o vendedor pediu para que buscasse o filho deles que dormia em um quarto ao lado do deles.

"Assim que ela foi buscar meu filho, corri até a porta para abrir e buscar socorro. Passei no meio das chamas e não sei como consegui, sinceramente. Acredito que foi algo divino porque as chamas eram muito altas e a porta de alumínio estava muito quente. Mesmo assim, passei pela porta e minha família conseguiu sobreviver a esse triste fato", expressou o vendedor.
Ele relatou que assim que conseguiu chegar à porta após retirar a família gritou pelos vizinhos em busca de socorro, ao tempo em que as equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas. Mesmo com a falta de água nas torneiras por causa de um rodízio, os vizinhos combateram as chamas com baldes e água de reservatório.

Após o controle das chamas, os três foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Benedito Bentes e, em seguida, para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde receberam atendimento.

"Graças a Deus as pessoas que até agora apareceram nos ofertaram ajuda, felizmente. Hoje, vou dormir na casa de um parente que colocou a residência à disposição. Já entrei em contato com a fábrica do aparelho e ficaram de prestar assistência à família. Vamos conferir, né?  No mais, acredito, sim, que foi Deus quem nos livrou. Se eu não tivesse tomado essa atitude de correr até a porta, poderíamos estar mortos", comentou.

 
 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2017
Agência Lúmen