Arapiraca
+21° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Polícia

Publicado Quarta-Feira, 11/01/2017 15:28 | Atualizado Quarta-Feira, 11/01/2017 15:35

Por: Redação com Gazetaweb

Bandido tentou atirar várias vezes em jovem durante assalto em Arapiraca, diz polícia

Delegado pede ajuda da população para encontrar o paradeiro dos criminosos; vítima foi atingida porque estava sem celular

 

Foto por: Reprodução

O delegado Arthur César, titular do 54º Distrito Policial da cidade de Arapiraca, revelou, na tarde desta quarta-feira (11), que o suspeito apontado como responsável pelo disparo que tirou a vida da estudante Jucielma Isabel dos Santos, de 19 anos, era frio e, apesar de a arma ter falhado durante o crime, ele fez mais de uma tentativa até o projétil sair do revólver e atingir a vítima.

De acordo com o delegado, em depoimento, testemunhas relataram que uma dupla armada chegou até o local onde as vítimas do assalto estavam e pediu os celulares e outros objetos. Como o telefone de Jucielma Isabel estava na mão de uma amiga, o suspeito armado puxou o revólver e tentou atirar nela, mas a arma falhou. Em seguida, ele atirou mais uma vez, atingindo a vítima no abdômen.

"Estamos procurando os criminosos. As diligências estão sendo realizadas tomando como base os levantamentos do crime, bem como os relatos. Nossa linha de investigação é, de fato, latrocínio. Tudo leva a crer que ele atirou pelo fato de a menina não está com telefone na mão. Ele foi muito frio", expôs o delegado.

Arthur César disse ainda que até o momento a polícia não tem a identidade dos suspeitos, mas sabe-se que eles realizaram diversos assaltos na região. O delegado acredita que a população pode ajudar a Polícia Civil na localização da dupla criminosa. O sigilo de quem repassa as informações é assegurado pelo Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP).  

O caso

A garota estava com amigos em frente a uma residência, quando foi abordada por dois criminosos armados que estavam em uma motocicleta Honda Titan 150 de cor vermelha.

Os bandidos levaram vários celulares e, após o assalto, um deles efetuou um disparo que atingiu o abdômen da vítima, porque ela teria dito que não tinha celular. Jucielma foi socorrida ao hospital por populares, antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Na noite dessa terça-feira (10) Jucielma não resistiu aos ferimentos e veio a óbito, na Unidade de Emergência do Agreste. A vítima tinha apenas 19 anos.
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2017
Agência Lúmen