+° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Política

Publicado Quinta-Feira, 19/11/2015 09:02 | Atualizado Quarta-Feira, // :

Por: via Agência Alagoas

Primeira dama abraça projeto nutricional e garante atuação do Estado

Centro de Recuperação e Educação Nutricional atende crianças com alto índice de desnutrição 

Foto por: Ailton Cruz

Renata Calheiros abraça a causa e reforça que Governo do Estado promoverá ações em prol de um combat

Dar atenção à pessoa e a sua realidade é o principal intuito do trabalho do Centro de Recuperação e Educação Nutricional (Cren). A primeira dama do Estado, Renata Calheiros, garantiu a atuação específica do Governo de Alagoas ao trabalho, após visitar o Conjunto Virgem dos Pobres, no Vergel do Lago. Na oportunidade, foram identificados os maiores índices de desnutrição infantil na comunidade.

Coordenado pela nutricionista Telma Toledo, o programa é uma iniciativa da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), e tem uma sede própria no Complexo Benedito Bentes, em funcionamento há oito anos, cuidando de crianças de alto risco de desnutrição. Segundo ela, o projeto é implantado nas comunidades mais carentes de Alagoas.

A nutricionista lembra que o Cren não é uma creche e isso sempre é lembrado às mães. “Apesar das atividades educacionais e recreativas, apenas as crianças como quadro sério de desnutrição são selecionadas para o semi-internato, na sede do Cren elas recebem o devido atendimento e conseguirem se recuperar”, explica Telma Toledo.

Renata Calheiros afirmou que procurou pessoalmente alguns profissionais já envolvidos nesse trabalho para dar um suporte maior ao combate da desnutrição nas crianças. Ela ressalta que o projeto tem tido um ótimo resultado, porque não faz só o atendimento à criança, faz também o atendimento da família, como um todo.

 

“Além de prestar assistência na questão de combater a desnutrição, o Cren faz todo um trabalho escolar. A criança fica em tempo integral na escola, recebendo o acompanhamento ambulatorial, assim como a família das delas, que também recebem o acompanhamento ambulatorial e algumas atividades para geração de renda”, afirma a primeira dama, ressaltando que o trabalho do Cren é muito completo.

Ela explica ainda que existem grupos nas universidades de Maceió com estudantes de nutrição da Ufal e no Centro Universitário Tiradentes (Unit), que são voluntários nesse trabalho de diagnóstico nas comunidades. “Já estava previsto um levantamento nessa região, que acredito que seja a mais carente da capital, para podermos fazer um levantamento da situação nessa área”, disse.

Para a primeira dama, a situação é crítica, mas é necessário que exista um estudo com levantamento, porque geralmente não se tem o número exato de crianças desnutridas nas comunidades. De acordo com Renata Calheiros, após o levantamento, será feita uma análise para ver o que se pode trazer para a comunidade, que pode ser uma nova unidade do Cren ou outra unidade, onde profissionais possam prestar um serviço mais focado para melhoria da qualidade de vida dessas famílias.
 

 
“Também estamos estudando algumas instituições nacionais que prestem esse suporte, para esse trabalho mais focado na primeira infância, de 1 a 6 anos, nas creches. Como eu procurei o Cren e parte do pessoal que também trabalha no cren está desenvolvendo esse trabalho, surgiu à possibilidade de fazermos um diagnóstico nesta área para ser feita uma atuação mais específica do Estado aqui nesta comunidade”, finalizou Renata Calheiros.

Cren

No Centro, as crianças fazem cinco refeições: café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde e jantar. O cardápio é balanceado e adequando às necessidades nutricionais das crianças com quadro de desnutrição médio ou grave.

Além do acompanhamento alimentar, as crianças recebem acompanhamento pediátrico, participam de atividades lúdicas e também são acompanhadas pedagogicamente em três turmas, sendo que as maiores já participam de uma pré-alfabetização.

 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2018
Agência Lúmen