"> AL tem 14 assassinatos e 4 mortes no trânsito no final de semana - JÁ É NOTÍCIA - NA VELOCIDADE DOS ACONTECIMENTOS
Banner Whats App - Já é Notícia
GALETERIA
Polícia

Publicado Segunda-Feira, 09/11/2015 19:47 | Atualizado Quarta-Feira, // :

Por: Redação com Gazetaweb

AL tem 14 assassinatos e 4 mortes no trânsito no final de semana

Dados da Perícia Oficial trazem balanço entre a sexta-feira e a manhã desta segunda; acidentes de trânsito na capital e interior 

Foto por: Divulgação

A Perícia Oficial, órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública, divulgou, na tarde desta segunda-feira (9), que 14 pessoas foram assassinadas nesse fim de semana. O relatório que compreende as ocorrências registradas entre as 7h da sexta-feira e as primeiras horas desta segunda apontam, ainda, que quatro pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito na capital e interior do estado.

De acordo com o relatório divulgado pela Perícia Oficial, entre as 14 vítimas de assassinatos estão os quatro membros de uma mês família que foram vítimas de uma chacina no bairro de Guaxuma, em Maceió, no último domingo. Uma criança de apenas cinco anos de idade sobreviveu e está internada no Hospital Geral do Estado (HGE).

Ainda conforme o relatório, outras duas pessoas, o casal Jefferson da Silva Machado, de 21 anos, e Márcia Kelly dos Santos, de 21, foi morto no Loteamento Nicodemos, na Chã do Pilar, região metropolitana de Maceió. Uma criança também ficou ferida na ação, mas já recebeu alta médica. A Polícia Civil investiga o caso.

Mortes no trânsito

Já os acidentes que resultaram em mortes foram registradas nas cidades de São José da Laje, Maceió e Arapiraca. Na BR-104, em São José da Laje, morreram Antônio Hermes da Silva Júnior, de 30 anos, e Macksuel de Santana, de 20 anos.

Na capital, a vítima foi identificada como José Geraldo dos Santos, de 74 anos. Ele morreu na Avenida Siqueira Campos, no centro de Maceió.

O último caso, por sua vez, foi registrado no Jardim Tropical, em Arapiraca, e teve como vítima Manoel Gomes, de 51 anos.

E a Secretaria de Segurança Pública pede o apoio da população. Quem tiver informações sobre algum dos suspeitos dos homicídios deve entrar em contato com a polícia por meio do disque denúncia, no número 181. O anonimato do denunciante é garantido. 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

Últimas Notícias
©Todos os direitos reservados - 2019
Agência Lúmen