+° c
Banner Whats App - Já é Notícia
Sala de Negócio

Sala de Negócio

“Relatos sinceros de um consultor com uma vida mesclada entre negócios, pessoas e histórias. O resto é a vida real! ✌🏽” 

Lâmpadas acesas: guia prático sobre a bendita criatividade

 

OLÁ senhoras e senhores! Como foi a semana de vocês? Como estão os negócios? Os estudos?

No dia a dia de uma empresa é comum encontrarmos momentos de dificuldade por uma série de motivos externos (crise, crise e a crise), mas principalmente não prestamos atenção o quanto nossas atitudes (parte interna) influenciam nestes momentos. Obviamente que apesar de todas as intempéries, faz- se necessário que a empresa mude e traga novas perspectivas, principalmente por conta das limitações financeiras, pessoais e culturais. Para isso precisamos de muita transpiração, mas também de uma habilidade super necessária chamada CR I A T I V I D A D E !

Sim meus pequenos gafanhotos, é a bendita da criatividade que faz toda diferença na nossa vida e automaticamente em nossos negócios, é ela que nos ajuda nos momentos de aperto, quando estamos sem o nosso cascalho, com aquela conta para pagar no fim da semana ou mesmo quando precisamos dar aquela guinada em um produto. Entretanto nada é tão simples como se parece, criatividade não é uma ação somente intuitiva, mas processual e extremamente cansativa. Você ainda acha que uma pessoa que trabalha em uma agência de Publicidade é criativa do nada todos os dias? Desta forma, seguem 5 dicas malandrinhas para você começar a melhorar seu juízo. De antemão digo-lhes que ser criativo não é nada fácil, na verdade é uma loucura. Se liga aí.

1 - CONHECER COISAS DIFERENTES

Meus queridos, obter somente mais conhecimento sobre aquilo que você domina, diminui a sua capacidade criativa. Quanto mais conhecimento você tiver sobre coisas nada haver, maior vai ser a sua capacidade de achar soluções legais. Até mesmo porque, se seu conhecimento esta pautado somente em um tema, você não conseguirá ver perspectivas diferentes sem informações distintas. Então se você é gestor de negócios, além da revista exame, vá ler contigo, tititi...

2 – O IDIOTA É IMPORTANTE

Sabe aquela ideia estúpida que você teve ao sair de casa? Sim ela é super importante para o processo de construção do pensamento criativo. Para se criar algo diferenciado, o imaginativo, o absurdo e o fora dos padrões devem fazem parte das nossas vidas. Então relaxe com aquela informação sem sentido que sua amiga falou naquela reunião, pois ela servirá para alguma coisa que não é a atitude descrita no item abaixo.

3 – NÃO BLOQUEIE O PENSAMENTO CRIATIVO DO COLEGUINHA

Porque provavelmente quando sua amiga falou aquela coisa sem sentido, você ou algum membro da rodinha disse: “mas que coisa mais ridícula! Nada haver!”. E aí, sem querer você conseguiu criar um trauma na cabecinha da parceira e a mesma nunca mais vai dar algum palpite, por medo de ser chamada de burra, animal ou abigobal!

Saiba absorver todo tipo de ideia e consequentemente trazer pontos que possam ser ”linkados“ a outras propostas absorvidas em alguma discussão. Criatividade se faz com ideias e as boas chegam quando todos são estimulados a trazer seus pensamentos e experiências.

4 – SAIBA RESOLVER OS PROBLEMAS CERTOS

Não adianta ser criativo para coisas que não trarão resultado, já dizia um mestre em criatividade chamado Murilo Gun: “não é cavar rápido, é saber cavar no local certo”. Não esqueça que tudo isso está diretamente ligado a um problema que você quer solucionar e automaticamente, você precisará de tempo para desenvolver, e tempo é dinheiro, e esse dinheiro terá um propósito. Resolvendo o problema errado, todo este fluxo desaparece como pó. Detalhe para poupar a dor de cabeça absurda no dia seguinte porque achou que perdeu tempo.

5 – COMBINAR É A MALÍCIA DO GALO CEGO

Antoine Lavoisier foi fantástico ao dizer que “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. Criatividade é uma combinação de dois pontos existentes para consumar algo novo com na solução de um problema. Ou seja, ser criativo é combinar coisas. Como diria mais uma vez Murilo Gun é estabelecer a teoria da “Combinatividade”. Pense no problema, veja quais pontos você pode conectar e combine-os para produzir algo novo. Para se criar temos que ter referências, são estas que servirão para sua produção. Onde você achará referencias? Leia novamente iniciando no primeiro ponto.

Então queridos, fiquem ligados, o mundo está muito louco e a gente não pode se limitar ao mais do mesmo. Sigam estas premissas para tentar trazer novidades e se tiverem alguma sugestão ou alguma experiência sobre o tema, fala por aqui ou no instagram @victorconsultor! Valeu!
 
  DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Os comentários abaixo não expressam a opinião do Portal Já é Notícia, que não se responsabiliza pela declaração do leitor.”

©Todos os direitos reservados - 2018
Agência Lúmen